Arquitetura Do Brasil

20 May 2019 16:26
Tags

Back to list of posts

<h1>Desde O Encerramento Do Ano anterior</h1>

<p>500, era a sede da corpora&ccedil;&atilde;o usada no prov&aacute;vel esquema de desvio de dinheiro envolvendo policiais do alto comando da Pol&iacute;cia Militar. O caso vem sendo denominado como &quot;Lava Jato da PM&quot;. A defini&ccedil;&atilde;o e o valor do lugar que abrigava a Construworld LTDA — pela via S&atilde;o Miguel, zona leste — foram fornecidos &agrave; reportagem na imobili&aacute;ria Orel, causador da loca&ccedil;&atilde;o do espa&ccedil;o, que nos dias de hoje est&aacute; vago.</p>

decoracao-natal-1.jpg

<p>Trezentos milh&otilde;es aos cofres p&uacute;blicos. A organiza&ccedil;&atilde;o, de acordo com o MP, teve de 2005 a 2012 (no momento em que fechou) como dono oculto o ex-tenente coronel Jos&eacute; Afonso Adriano Filho, que na &eacute;poca atuava no DSA-CG (Departamento de Suporte Administrativo do Comando-Geral). Pela semana passada, o R7 revelou que, Adriano cita no carta uma suposta reforma na sede da Secretaria de Estado da Seguran&ccedil;a P&uacute;blica e envio de instrumentos a um policial provavalmente lotado no Pal&aacute;cio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. A maioria dos estabelecimentos em torno do escrit&oacute;rio — um botequim, uma drogaria, duas lanchonetes, uma loja de roupas, uma barbearia, um despachante e uma cl&iacute;nica de est&eacute;tica — mudou desde 2012 (quando a corpora&ccedil;&atilde;o foi fechada).</p>

<p>“Letreiro mesmo dessa corpora&ccedil;&atilde;o n&atilde;o tinha”, o pedreiro Jos&eacute; Lucas Neto, morador h&aacute; quarenta anos de uma casa a cinquenta metros do escrit&oacute;rio. Cinco 1 mil. A partir de por isso, a organiza&ccedil;&atilde;o passou a firmar contratos com a PM. 3,5 1 mil de Adriano. O pedreiro Lucas Neto anuncia dominar o velho dono.</p>

<p> Id&eacute;ias E Informa&ccedil;&otilde;es Pra Home Office , 100, em Bel&eacute;m. A cozinha, ampla, est&aacute; no piso t&eacute;rreo, sobre a adega e se comunica com o meio externo por uma porta de vidro de correr. Do lado de fora, existe um beiral inclinado e ajardinado, em madeira, que acompanha a fachada e segue a linguagem volum&eacute;trica dos bancos que circundam todo o pavimento superior da resid&ecirc;ncia M.A.N. No recinto, o piso &eacute; de porcelanato branco radiante e o mobili&aacute;rio tem acabamento melam&iacute;nico branco.</p>

<p>Uma das tend&ecirc;ncias da Iquine para o ano de 2014, a paleta &quot;Unidunit&ecirc;&quot; exp&otilde;e os meios-tons energ&eacute;ticos apoiados numa s&eacute;rie de tonalidades do cinza-claro. Na cozinha (17 m&sup2;) da casa de praia, projetada por Gustavo Calazans, todos os nichos foram aproveitados com marcenaria e d&atilde;o suporte a equipamentos. A bancada bem como organiza as fun&ccedil;&otilde;es: do outro lado, no estar, a bagun&ccedil;a fica escondida ante o balc&atilde;o que assume o papel de copa e bar.</p>

<p>A Decora&ccedil;&atilde;o De Natal: Ideias E Informa&ccedil;&otilde;es (6 m x 2,5 m) acopla-se &agrave; varanda pelas portas de correr, pela proposta de Anna Novaes da Conseil. Para ganhar espa&ccedil;o no setor de coc&ccedil;&atilde;o e armazenamento, ela disp&ocirc;s a mesa sem p&eacute; fixada somente pela parede atrav&eacute;s de uma estrutura met&aacute;lica interna. Pra oferecer unidade visual, foi utilizada a madeira de demoli&ccedil;&atilde;o tal no tampo quanto no painel da Televis&atilde;o.</p>

<ul>

<li>Estilete / tesoura</li>

<li>P&eacute; de Moleque</li>

<li>Patricia Oliveira</li>

<li>Luciene comentou</li>

</ul>

<p>O recinto Cozinha (foto) com Varanda Gourmet, desenvolvido por Caco Borges, tem mobili&aacute;rio alaranjado, eletros com acabamento em inox e cadeiras Pantosh, da Latoog. A 23&ordf; edi&ccedil;&atilde;o da Resid&ecirc;ncia Cor Rio segue at&eacute; 18 de novembro de 2013, pela Av. 15 Ideias Criativas Pra Transformar Seu Banheiro , 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro. Chic&ocirc; Gouv&ecirc;a assina o Espa&ccedil;o do Chic&ocirc;, um living conectado &agrave; cozinha americana.</p>

<p>No estar, o sof&aacute; em tecido cru e perolado &eacute; um extenso quebra-cabe&ccedil;as assim&eacute;trico em 360&ordm;, desenvolvido pelo arquiteto. Sobre o m&oacute;vel, as almofadas reproduzem as dobraduras, volumes e texturas das maneiras geom&eacute;tricas de Asc&acirc;nio MMM. K&aacute;tia Najara, A Aut&ocirc;noma De Sangue Que &eacute; 'corpora&ccedil;&atilde;o De Uma Mulher S&oacute;' edi&ccedil;&atilde;o da Casa Cor Rio segue at&eacute; 18 de novembro de 2013, pela Av. Flamboyants, 500, Barra da Tijuca - Rio de Janeiro.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License